23/11/2008

Felicidade





Realmente a chave da nossa felicidade estás dentro de cada um de nós. Mas não é facil encontrá-la. Ser feliz é mais que uma opção, um desejo, ser feliz é ir até ao fundo de nós mesmos e encontrar-mos a nossa verdade, a nossa paz. Mas será que temos coragem de o fazer? Duvido... Para encontrar a chave que abre o coração é necessário despí-lo de tanta coisa- É necessério expulsar a mágoa, porque ela nos torna demasiado amargos. É preciso afastar o rancor porque ele só nos faz ferir quem está perto de nós. É preciso afastar a inveja, porque ela amesquinha a nossa visão. Para encontrar a chave é preciso afastar o ódio porque ele nos corroi por dentro, é preciso afastar a desconfiança, porque intoxifica como um veneno. É preciso afastar a dor, porque ela nos rouba a capacidade de ver. Para encontrar a chave da nossa felicidade é preciso deixar o coração livre de todos os sentimentos negativos. Para encontrar a chave da felicidade é necessário que tenhamos a capacidade de fazer uma introspecção. De vermos dentro de nós mesmos e tirarmos da nossa vida o que nos perturba. Claro que é impossível fazer isso de um momento para o outro, mas com persistência tudo se consegue. Se sentirmos magoa deixemos que os motivos desse sentimento percam importância perante nossos olhos. Se sentirmos dor procuremos uma forma digna, de a atenuar. Se sentirmos rancor devemos deixar que a paz o substitua. Não de uma hora para a outra, mas numa caminhada lenta e segura. Se sentirmos inveja devemos deixar que ela se transforme apenas em desejo, não invejar, mas apenas desejar, porque o desejo estimula. A diferença entre inveja e desejo é grande. Se o meu vizinho tem um carro topo de gama, se eu o invejar nada vou conseguir com isso, inveja implica que eu deseje ter o carro e queira que ele não o tenha. Desejo é diferente. Se o meu vizinho tem esse carro e eu também o desejo ter, então eu vou lutar por isso, vou desejar ter, mas não vou desejar que o meu vizinho não tenha. Depois de afastados todos os sentimentos menos bons, aparece enfim escondida num cantinho da nossa alma, a chave da felicidade. É só colocá-la na fechadura do coração e abri-lo. Feito isto, devemos enchê-lo de sentimentos bons, amizade, carinho, amor, capacidade de entregua e muita paz. Certamente nesse dia, teremos realmente conseguido encontrar a chave para uma vida mais feliz, mais tranquila e sobretudo muito mais doce e mais bem vivida.

Nenhum comentário :

Postar um comentário